10 dicas para criar uma Loja Virtual

17 fevereiro 2013
Categoria:
E-commerce
Comentários:  0

Criar uma Loja Virtual diante de um cenário de evolução do e-commerce no Brasil é com certeza um bom negócio para quem pretende investir em internet. Segundo a e-bit, empresa especializada em informações do setor, o e-commerce no País deve crescer 25% em 2013, chegando a um faturamento de R$ 28 bilhões.

Mas criar uma loja on-line – que realmente venda, o que é mais importante – pode não ser tão simples quanto parece. Por isso, para você não errar e poder aproveitar com eficiência a ascensão desse mercado,  preparamos um roteiro simples e prático com 10 dicas para abrir, manter e ter sucesso com lojas virtuais:

1- Pesquisa e planejamento

Uma loja virtual precisa de tantos cuidados quanto uma loja física. Primeiro, é preciso definir onde você quer estar e quem será seu o público-alvo: o que ele procura, do que gosta, como se comporta (principalmente na internet). A partir disso você já terá uma ideia do que e como vender.

2- Especialize-se

Definido seu alvo geral, você deve procurar uma maneira de atrair o cliente, fazendo com que ele prefira você ao concorrente. E como atraí-lo quando se concorre com grandes redes de e-commerce? Fuja do geral e foque em um nicho. Vendendo para um determinado grupo, você se diferencia oferecendo produtos especializados para esse público. Mas cuidado: conheça bem o seu produto, pois o cliente irá querer saber detalhes sobre ele. Nada menos que 76% dos clientes querem mais informações à respeito dos produtos que desejam comprar.

3- Design e exposição atraentes

Sabendo para quem vender e o que vender, fica fácil definir o “como”. O “ambiente” e a exposição dos produtos na loja virtual são tão importantes quanto na loja física. Se você vende artigos esportivos e seu público alvo é masculino adulto, o layout da sua loja não poderá ser rosa com enfeite de flores e estrelinhas. Exemplos ridículos à parte, um design adequado passa credibilidade e incentiva as compras. Já a exposição correta do produto, com destaques, fotos, vídeos e descrições mantém o consumidor mais interessado – e por mais tempo – no site. Disponibilizar um campo de buscas eficiente também é muito importante.

4-Preços
Preço sempre será um dos fatores decisivos na hora da compra. Pratique preços de mercado, dê descontos. Na página do produto, mostre o valor à vista, as possibilidades de parcelamento e o preço final (com detalhamento do valor das parcelas e juros, se for a opção escolhida), além de taxas de entrega e/ou descontos. O consumidor precisa saber exatamente o que está pagando.

e-commerce5- Meios de pagamento
Quanto mais formas de pagar você oferecer, maior a sua chance de vender. Porém, antes é preciso avaliar a estrutura da sua empresa e se você tem condições de administrar os contratos diferentes de cartões de crédito. Porém, há uma forma mais simples e segura de resolver a questão: contratar serviços especializados em pagamentos pela internet, como o MoiP, PagSeguro ou um gateway de pagamentos. Esses serviços disponibilizam todas as formas de pagamento para o seu site, e você terá que administrar apenas um contrato.

6- Transmita confiança
Com certeza você já ficou inseguro quanto a uma compra pela internet, se perguntando se o site era seguro e se seu produto chegaria. Não é isso que você espera que seus clientes se perguntem ao acessarem a página da sua loja, certo? Então, antecipe-se: dê informações sobre a compra, prazo de entrega, localização do produto, telefones e e-mails de contato e principalmente, dê atenção ao cliente. Mantenha um sistema de e-mails automáticos sempre que o produto cumprir uma nova etapa de entrega, crie e esteja sempre disponível no chat on-line, responda e-mails com agilidade. Assim ele ficará tranquilo, satisfeito e com certeza retornará ao site (além de te indicar aos amigos).

7- Logística
De nada adianta passar toda confiança do mundo ao cliente, mas não cumprir os prazos divulgados na hora da venda. Lembre-se: quem compra pela internet quer receber o produto o quanto antes. E se não receber na data combinada, irá reclamar, para você, para os amigos, nas redes sociais. Como os meios de entrega mais comuns são os Correios e imprevistos podem acontecer, comunique imediatamente o seu cliente caso ocorram. Ele não ficará tão feliz quanto se tivesse recebido o produto no prazo, mas com certeza entenderá a situação e isso amenizará crises.

8- Opinião dos consumidores
Para ganhar a confiança do consumidor já que ele não pode ver nem tocar o produto, a saída são os depoimentos de outros consumidores que já compraram aquele item. Consumidores on-line gostam de dar seu depoimento sobre compras boas ou mal sucedidas e muitas vendas são baseadas nessas opiniões. Use isso como um termômetro de qualidade e um diferencial.

9-Política de privacidade e devolução
É fundamental para o seu e-commerce informar seus clientes que você não irá vender ou comercializar os dados usados no cadastro do site. Já a política de trocas e devoluções é importante para deixar claro os direitos do cliente no caso de desistência ou troca de produtos danificados. Informe seus clientes sobre todos os direitos e também dos deveres da loja. Atenção: essa declaração deve ficar bem acessível para que o cliente encontre todas informações necessárias.

10- Marketing on-line
Você seguiu todas as dicas acima e seu site está pronto para começar a vender. Mas como levar o consumidor até ele? Desenvolvendo um planejamento de marketing em vendas para a sua loja virtual. Porém, o marketing on-line é muito diferente dos planos de comunicação tradicionais e mesmo que você já tenha algum conhecimento ou faça propaganda na loja física, acredite, não é a mesma coisa. Procure ajuda de um bom profissional de marketing digital para desenvolver o seu plano de vendas. Ele trabalhará com SEO, SEM, Adwords, comparadores de preços, redes sociais, ou seja, fará com que sua loja seja vista na internet.

Precisa de ajuda para implementar essas estratégias na sua empresa?

A Click 4 Web é especializada implementar estas e outras soluções em marketing digital acordo com a necessidade da sua empresa, para que ela gere ainda mais negócios. Clique aqui e receba uma consultoria gratuita agora mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *